domingo, 8 de março de 2015

O ENIGMA DA PIRÂMIDE - Alan Arnold



Diferentemente da maioria dos livros que têm sua história adaptada para o cinema, este, teve a sua história adaptada do roteiro do filme homônimo. Título original: Young Sherlock Holmes.

Para quem não conhece a história, livro e filme mostram Sherlock Holmes às voltas com sua primeira aventura detetivesca. Nos idos 1870 ele é um dos alunos da Escola Brompton, em Londres, onde conhece o seu amigo e futuro companheiro de aventuras, John Watson. A morte de um grupo de amigos atingidos por setas de zarabatanas que provocam alucinações é tida, inicialmente, como suicídio. Todavia, o jovem Holmes, a partir de um indício resolve investigar e descobre que esses amigos estavam sendo assassinados por membros da seita egípcia Eh Tar e alerta o sargento-detetive Lestrade, seu orientador de tese que não acredita muito no seu orientado até que...
Vale lembrar que o filme/livro não tem nada a ver com as histórias de Conan Doyle, como o próprio Arnold frisa em Agradecimentos do livro.

Assisti ao filme há muitos anos e naquela época já tinha lido todas as suas aventuras, por isso mesmo, foi um prazer inenarrável poder ver um Sherlock Holmes dando os primeiros passos em sua vida detetivesca e desvendando o seu primeiro caso policial.




O Enigma da Pirâmide é mesmo o filme transformado em letrinhas e com um benefício a mais: nos últimos capítulos o autor explora amplamente o porquê dos assassinatos. No filme há cenas que esclarecem o fato, claro, mas no livro a explicação vem recheada de fatos históricos da cultura egípcia. Adorei essa parte, apesar de achar que ela faz uma brusca interrupção na aventura que é retomada em seguida. Mas nada que prejudique a leitura.


Livro e filmes recomendados.

bj da angel ;)

11 comentários:

  1. Eu já vi o filme, um dos meus prediletos diga-se de passagem. Mas não sabia que existia o livro e gostei da informação, pois se o livro é tão baom quanto o filme, deve valer a pema a leitura.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi, é muito bom sim e como eu disse aí, ainda tem um detalhamento que na verdade é o diário de um dos assassinados onde ele conta detalhadamente o que o fez, e aos seus amigos, ficarem na mira Eh Tar. Leia que vai gostar. bj da angel ;)

      Excluir
    2. Valeu pela presença, volte sempre! ;)

      Excluir
  2. Oii! Tudo bem?
    Não conhecia esse livro mas parece ser muito bom!!
    Não é sempre que vemos um livro que é adaptação de algum filme...
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, menina Angélica, não é comum, né. Bom te ver aqui. bj da angel ;)

      Excluir
  3. cara angel, ao contrário de ti minha experiência com livros baseados em filmes não foi tão legal, aconteceu com "alien - o oitavo passageiro". o livro ficou estranho, cheio de furos, como se fosse retalhado. então quando um autor consegue passar o clima do filme e ainda criar expectativas diferentes no final do livro merece elogios. fazia tempo que não lia resenha sua, não nos deixe sem suas palavras. bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menino Rodolfo, me diverti demais com a leitura. Eu amo esse filme tanto, que embora não colecione DVDs, acabei ganhando-o de presente da minha filha que já havia me dado o livro. Filmes com o dedinho mágico de Spielberg é difícil não gostar. Isso tem mó tempão, e só agora resolvi fazer a leitura, porque assim como você, estava com um pé atrás... Mas valeu muito a pena.
      Adorei ter você aqui, bj da angel ;)

      Excluir
  4. Acabei de assistir. Filme feito com total respeito pela obra de Doyle. Mantem-se bom como na minha infância, nos anos80. Não gosto de livros baseados em filmes, mas esse é um encucamento meu. Rsrsrs. Abraços a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chris querido, entendo isso. Da mesma forma que a adaptação de um livro pra telona sempre deixa a desejar, o contrário também acontece. E me surpreendi ao saber que a maioria dos livros desse autor são roteiros de filmes transformados em livros, um, se não me falha a memória é de Guerra nas Estrelas.
      Valeu pelo prestígio querido.
      bj da angel ;)

      Excluir
  5. Angel amada!
    Bem, minhas experiências com livros escritos através dos filmes também não são tão boas, acho que ficam um tanto roteirizados e perdem a graça, porém imagino que no caso desse, parece que ficou ainda melhor que o filme, é isso? Se for, vale a pena mesmo ser lido, afinal, Sherlock em qualquer versão é sempre bom.
    Valeu pela dica.
    E mais um final de semana chegando que seja de amor e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não diria melhor que o filme, este, é bastante fiel ao livro, apenas este, apresenta de forma reforçada o porquê dos assassinatos.
      Bom final de semana querida!
      bj da angel ;)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...