quarta-feira, 23 de julho de 2014

MEDO DE TIRO e outras histórias – Dashiell Hammett



UAU!!!

Já li muitas vezes sobre como o americano Dashiell Hammett elevou a literatura policial ao status de arte. Curiosamente, embora eu já tenha lido sua obra-prima “O Falcão Maltês” duas vezes no original e ainda um outro livro dele, “The Dain Curse” (acho que foi traduzido como “A Estranha Maldição”), foi só agora, ao finalmente ler os contos de Hammett, que descobri que não foi exagero de fãs colocar esse autor em tão alto patamar.

Uma diferença crucial na obra certamente foi determinada pela vida: antes de virar escritor Dashiell Hammett foi detetive de verdade, trabalhando para a famosa Agência Pinkerton. E o que ele viveu, viu e ouviu certamente ajudou a dar vida e muita intensidade às suas páginas, repletas de tipos muito interessantes e diálogos marcantes!

Hammett começou sua carreira de escritor com os contos, e só depois é que partiu para histórias maiores. Vendendo suas histórias curtas para a revista Black Mask, foi o grande mentor do gênero conhecido como noir, que retira o assassinato dos salões aristocráticos e o devolve à sarjeta. Sua influência é tão vasta que nem dá para ser medida hoje...

Seus contos são tão vívidos que chegaram a evocar, para mim, o grande mestre brasileiro Machado de Assis! Heresia? Entusiasticamente afirmo que não!

“O Falcão Maltês” é realmente muito bom, uma leitura imperdível para apreciadores do romance policial. Em seu livro anterior, “The Dain Curse”, obtive imenso aprendizado ao detectar dificuldades na estrutura semelhantes às que eu enfrentava em meu próprio romance policial, “O Sincronicídio”, e foi muito instrutivo ver como Hammett lidou com elas... Mas ao ler os contos dele foi que me rendi incondicionalmente e virei fã de carteirinha! Totalmente diversão e arte!

E ainda encontrei nessa obra um motivo a mais para louvar a grandeza de Deus! Pois quem diria que um burro velho leitor de romances policiais como eu ainda iria encontrar um livro capaz de me deixar assim tão de queixo caído! Isso me fez pensar em como o Universo está repleto de oportunidades de maravilhamento, e vendo a mim mesmo como um exemplo do Universo observando a si mesmo, agradeci ao Pai por me permitir enxergar sua beleza infinita até mesmo na violência de um conto policial!!!


  
***///***
Conheça O SINCRONICÍDIO:
http://caligoeditora.com/

 

3 comentários:

  1. Ola,
    Sou blogueira e escritora e estou lançando meu primeiro livro pela Amazon entitulado Vingança Mortal. Gostaria de te convidar a conhecer um pouquinho mais do mesmo no link a seguir:
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/07/super-novidade-vinganca-mortal-de.html
    Desde já agradeço a atenção e com certeza retribuirei os comentário.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  2. Ola,
    Sou blogueira e escritora e estou lançando meu primeiro livro pela Amazon entitulado Vingança Mortal. Gostaria de te convidar a conhecer um pouquinho mais do mesmo no link a seguir:
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2014/07/super-novidade-vinganca-mortal-de.html
    Desde já agradeço a atenção e com certeza retribuirei os comentário.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  3. Caramba não conhecia o autor nem suas obras, mas me interessei pois policial é um gênero de livro que eu gosto. E imagina um livro de um cara que já trabalhou com isso???? Que massa.

    Beijos
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...