sábado, 31 de dezembro de 2011

A CASA DE BERNARDA ALBA - Federico García Lorca


Um pouco sobre o Autor "Mais perigoso com a caneta do que outros com o revólver." Este foi o argumento para que um deputado católico decretasse a prisão de Lorca, este, foi uma das primeiras vítimas da Guerra Civil Espanhola. Lorca não ocultava suas idéias socialistas e com fortes tendências homossexuais o que ia contra o conservadorismo espanhol que tinha forte influência católica na época. Preso em Granada, na Andaluzia, o poeta e dramaturgo foi executado, sem julgamento com um tiro na nuca. A caneta se calava, mas, a poesia nascia para a eternidade. (fonte: Wikipedia).



Bernarda Alba, uma mulher austera, se torna mais rígida após a morte do marido e impõe à sua família um luto de oito anos”porque assim aconteceu em casa de meu pai e de meu avô.”

Suas cinco filhas, a mais nova com 20 anos e a mais velha com quase 40, discordam disso e de outras coisas e, entre si, lamentam a vida enclausurada que têm.

Um pretendente pede a mão de Angústias, a mais velha, Bernarda concorda e ele começa a cortejá-la porém Adela, a caçula, se apaixona por ele que não é insensível a essa paixão. A intenção do pretendente, Pepe Romano, em desposar Martírio é usufruir da herança da moça que, com a morte do pai se tornou a mais rica herdeira da casa de Bernarda Alba.

Escrito para o teatro retrata uma história trágica onde os diálogos são curtos, porém, bastante objetivos evidenciando o drama vivido pelas cinco filhas.

Diz-se que Lorca baseou-se em uma história real para escrevê-lo. Gostei muito!

bj da angel ;)

Um comentário:

  1. QUE LIXO NãO AGUENTO MAIS ESSAS RESENHAS VEIAS SEM ASSUNTO

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...