domingo, 5 de fevereiro de 2012

"CARMELA E LORENZO" - RUBENS CONEDERA (LITERATURA NACIONAL)



LIVRO  : “CARMELA E LOURENÇO” (LITERATURA NACIONAL)
AUTOR: RUBENS CONEDERA
EDITORA  : CLUBE DE AUTORES
PÁGINAS – 270
1ª EDIÇÃO 2011
CATEGORIA: ROMANCE FICÇÃO
ISBN: - 


CARMELA E LORENZO


CITAÇÃO: “Segui levando a refeição para Lorenzo todas as noites, recolhendo a bandeja vazia pelas manhãs. Em uma bela manhã, estava indo para a capela, e notei uma movimentação diferente entre os empregados da viúva. Homens carregavam porcos e galinhas, outros limpavam os terreiros e as áreas abertas da propriedade. Tochas eram cravadas em torno dessas áreas.[...]” (pág. 64)


RESUMO SINÓPTICO: Carmela é uma menina nascida na Itália Renascentista, que vive com o pai sapateiro; e duas irmãs mais velhas que a trata com inferioridade, ainda sim, sente-se feliz ao lado da família. Ela teme ter um destino igual ao das irmãs, que casaram com desconhecidos, mediante vantajosos acordos financeiros. A vida de servidão de Carmela é interrompida quando um velho pintor de afrescos chamado Marcello, a contrata por um período, mediante pagamento ao pai da moça. Carmela passa a acompanhá-lo como sua ajudante, na pintura de uma capela e descobre um mundo diferente, de aprendizado, companheirismo e amor. Durante o trabalho, Carmela desperta o interesse de um dos aprendizes de Marcello (Giovane). Porém, quem chama a atenção da jovem é Lorenzo, filho de Marcello, que trabalha sozinho todas as noites na capela. O velho Marcello e sua esposa (Ludovica) criam uma atmosfera de mistério e preocupação em torno de Lorenzo, que instiga a curiosidade de Carmela que passa a cuidar e visitar Lorenzo diariamente em suas jornadas de trabalho noturna. Inicia-se então uma conturbada história de amor, que se acontece entre tintas, obras de arte e sangue.


CITAÇÃO:Obedeci aliviado. Escapei da morte, e iria passar pelo julgamento de meus pais, que por pior que fosse não seria igual ao do padre. Deitei em minha cama, com o corpo menos dolorido. Esperei o guarda chamar meus pais, imóvel, deitado em minha cama, com os braços cruzados sobre o peito, olhando para o teto.” (pág. 119)

ANÁLISE TÉCNICA:

-CAPA = Totalmente condizente com o conteúdo do livro; uma capela com pinturas renascentistas ao fundo e em primeiro plano, a sombra de um casal. Poderia ser um pouco mais clara, entretanto, tiraria o clima de mistério...
(nota: 4,50  de 5,00)

-DIAGRAMAÇÃO: Folhas brancas com letras medianas pretas que facilitam a leitura. Diferenciadas quando muda a narrativa de interlocutor, facilitando a identificação de quem narra determinada parte da história.
Dividido em cinco Livros bem sinalizados com gravura, facilita a identificação na mudança de narrativa, inclusive a mudança de letra também facilita tal identificação.

* Ponto a ser reavaliado = não tem sumário.

(nota: 4,50  de 5,00)

- FORMA DE ESCRITA: Narrativa em 1ª pessoa do singular, intercalada entre as personagens do livro; mostra a intensidade dos sentimentos e opiniões de forma bem pessoal.

(nota: 5,00  de 5,00)


CITAÇÃO: “-Somos mulheres, trazemos em nossa carne a essência de Eva. Eva, que convenceu Adão a conhecer o pecado.  Temos o poder sobre os homens; menina. Somos mulheres, e depois desta noite, você também será uma. Somos capazes de agregar e desagregar famílias, conduzindo a cabeça dos homens, dos quais conseguimos guiar os instintos, conforme nossa vontade.” (pág. 236)


ANÁLISE CRÍTICA E DO AUTOR: O livro é bem escrito e bem situado na  época Renascentista, onde a arte fluiu de forma mais criativa, na Itália de Michelangelo e outros grandes artistas pintores. E a criatividade em inserir as personagens em cenário tão vívido, foi um grande insigth do autor, pois mostra pesquisa profunda sobre arte e fatos da época, transportando o leitor à uma época de mudanças históricas no século XVI.

As personagens bem construídas dentro da trama mostra a intensidade dos relacionamentos e o fortalecimentos dos laços de afeto e carinho. Faz com que o leitor envolva-se profundamente com a leitura e apaixone-se por cada nuance da personalidade única de cada personagem, principalmente dos principais: LORENZO, que é único em seu estilo e caracterização e CARMELA, com sua ingenuidade quase infantil, porém com força interior e passional exclusiva e instintiva.

O autor demonstra sensibilidade, conhecimento, criatividade e soberania na forma como expressa as palavras, as situações coerentes e a cadência dos fatos, mostrando o quanto a escrita é profunda e deixa marca indelével no leitor. Une mistério, segredos, aventura, arte, mortes, sangue, inveja, vingança, laços familiares e amor, tudo em dosagem certa, precisa.

Todos os pontos ocultos são esclarecidos no decorrer da narrativa, todos os questionamentos são respondidos, sem deixar nenhuma aresta solta.

Final perfeito e leitura envolvente! Em uma palavra, diria que o livro é: ARREBATADOR!

*Ponto a ser reavaliado = um detalhe técnico incoerente: como uma pessoa analfabeta, consegue deixar um bilhete(em determinada passagem do livro)?  

SUGESTÃO AO AUTOR: Faça uma continuidade da história, pois LORENZO é irremediavelmente apaixonante e merece perpetuação!
 
 NOTA: 5,00 de 5,00
 
cheirinhos:)
Rudynalva

Um comentário:

  1. Obrigado por divulgar meu trabalho, e parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...