terça-feira, 24 de maio de 2011

LEMNISCATA – Pedro Drummond


Minha primeira impressão positiva a respeito desse livro foi indireta: meu pai pegou “Lemniscata – o enigma do Rio” para ler, e não conseguiu parar até chegar ao fim da leitura! Diante desse testemunho mudo, mas tão eloquente, é claro que comecei a ler o livro o quanto antes. Tal pai, tal filho: só consegui largar “Lemniscata” depois de ler a última página.



O autor Pedro Drummond foi muito feliz ao construir o seu thriller, que tem um excelente ritmo e realmente prende o leitor. Uma trama ambiciosa, com cenários e personagens internacionais, envolvendo muita ação, pistas e despistes, enigmas, charadas, caçadas ao tesouro, enfim! Uma história envolvente e muito bem contada.

Quem gosta de Dan Brown não vai se decepcionar ao ler “Lemniscata”. O livro possui o mesmo andamento rápido, de tirar o fôlego, com uma trama repleta de reviravoltas e surpresas.

O centro da aventura é a jornalista Lorena Dorff, que subitamente se vê lançada no meio de um enredo de espionagem. Ela então precisa encetar uma perigosa jornada a fim de descobrir o paradeiro de seu pai e de seu tio e, de quebra, solucionar o enigma por detrás de um tesouro perdido. Sua busca torna-se especialmente perigosa quando cada passo de Lorena passa a ser seguido por um perigoso assassino...

Um motivo de especial deleite durante a leitura de “Lemniscata”, para mim, foi o aprendizado a respeito da construção de um thriller. Talvez pelo fato do autor ser brasileiro, coisa rara nesse estilo, eu tenha ficado mais atento ao “making of” da obra, o que me beneficiou muito!

Pedro Drummond destaca-se pela familiaridade com que lida com assuntos técnicos (o que demonstra também uma pesquisa muito bem feita), principalmente pelo bom uso que faz deles para enriquecer a história. Outro detalhe cativante foi a inserção de brilhantes citações de autores diversos, o que foi feito de forma bem natural e convincente.

Dessas citações, a que mais me marcou foi:

“A criança é uma oração que perde a fé no altar do tempo.” (Olavo Drummond)

Gostaria de ter encontrado no livro um personagem brasileiro mais expressivo, mas isso foi apenas pelo fato do próprio autor ser brasileiro. Para a trama, nada foi perdido.

“Lemniscata” é diversão garantida para os apreciadores de um bom livro de aventura e suspense!

(28.02.10)

Um comentário:

  1. "Quem gosta de Dan Brown não vai se decepcionar ao ler 'Lemniscata'".

    Oba! =D \o/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...