quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A YOGA DO BHAGAVAD GITA - Paramahansa Yogananda



Jai Guru!!!

Esse inestimável livro traz a tradução do Baghavad Gita feita por Paramahansa Yogananda, bem como alguns comentários do mestre indiano.

Li o Gita por três vezes antes de ler essa tradução de Yogananda. E foi como se estivesse lendo pela primeira vez, diante de tantas descobertas! É maravilhosa a capacidade de síntese e sutileza de Yogananda, quem já teve a oportunidade de ler qualquer texto dele percebe o sábio profundo, o grande erudito que fala de forma tão simples e afetuosa. Ter essa mente luminosa voltada para o esclarecimento do Gita é simplesmente um dos maiores tesouros do conhecimento a que tive acesso. Um livro para toda a vida.

E pensar que essa edição é uma versão resumida para o português de “God Talks to Arjuna”, onde Yogananda comenta cada um dos versos do Gita. Como quero beber dessa sabedoria!!!

Sobre o Baghavad Gita

Trata-se do principal texto védico (escritura sagrada hindu), e sua tradução literal significa “A Explicação do Senhor”. O Gita faz parte de um texto muito mais amplo, o poema épico “Mahabharata”, uma história que todos deveriam procurar conhecer. Trata-se da História que gerou todas as histórias! Tudo o que se imaginar em termos de acontecimentos humanos provavelmente tem um trecho análogo no “Mahabharata”. Em termos de extensão, pelo menos, comparado a esse épico a “Odisseia” de Homero parece um conto minimalista!

O Mahabharata narra os conflitos entre duas famílias reais, os Pandavas e os Kauravas. Os acontecimentos do Gita se passam justamente no clímax da narrativa, quando os dois exércitos rivais estão frente a frente, prestes a se enfrentar no campo de Kurukshetre.

Arjuna, grande príncipe dos Pandavas, tem como condutor de sua carruagem ninguém menos que Krishna, a manifestação de Deus como personalidade. Ao avistar o exército inimigo, Arjuna é acometido por grandes dúvidas, pois ali estão seu honorável avô Bhisma, seu querido mestre Drona e também seus primos, os Kauravas. Como lutar contra pessoas tão queridas?

É nesse momento que acontece a “Explicação do Senhor”. Krishna percebe o dilema de Arjuna e começa a esclarecê-lo a respeito do porquê de suas ações serem necessárias. E de quebra, explica o mistério do Universo, o sentido da Vida e o verdadeiro caminho para a Felicidade. É só isso que contém o Gita: a resposta para tudo!

Na tradução de Yogananda, muitos significados ocultos afloram, pois ele faz uma leitura simbólica do Gita, onde a batalha de Kurukshetra é na verdade a batalha que cada homem trava para encontrar a si mesmo. Muito elucidativo é o mergulho que Yogananda faz no nome dos principais personagens, revelando assim o seu papel simbólico nessa grande batalha interna que é o destino dos nascidos.

Hare Krishna!






***///***
Aproveito para convidar você a conhecer o meu livro, O SINCRONICÍDIO:

Booktrailler:
http://youtu.be/Umq25bFP1HI

Blog:
http://sincronicidio.blogspot.com/
 
LEIA AGORA (porque não existe outro momento):


4 comentários:

  1. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  2. Oi Morgan! valeu pela visita e pelo comentário!
    gostei muito de seu blog, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. It's awesome designed for me to have a web site, which is useful in favor of my know-how. thanks admin

    Take a look at my web blog Studio legale di Dubai

    ResponderExcluir
  4. Uma duvida segundo Yogananda a batalha foi literal ou apenas uma alegoria?
    Não consigo compreender ainda como algo que pode falar de compaixão se baseando em uma batalha real...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...